Freelancer: Como funciona? Quais são as desvantagens e desvantagens? É confiável? Dicas para ser um!

Cada vez mais comum como opção de atividade profissional, o trabalho freelancer é uma alternativa para aqueles que estão enfrentando dificuldades em conseguir um emprego com carteira assinada ou até mesmo nos casos em que essa situação seja uma opção da pessoa.

Nesse texto explicaremos melhor o que é e como funciona um trabalho freelancer, elucidando as principais dúvidas que surgem sobre esse assunto. Confira!

O que é um freelancer?

O termo em inglês, freelancer, é usado para caracterizar os profissionais que trabalham por conta própria. Esse tipo de trabalhador não estabelece vínculo empregatício com nenhuma empresa e na maioria das vezes presta serviços a diferentes perfis de clientes.

Como funciona esse trabalho?

trabalho freelancer

No trabalho freelancer o prestador de serviço trabalha e recebe por tarefa executada. Todos os termos de compromisso com o contratante e vice versa são definidos por meio de negociação entre as partes.

Geralmente o profissional freelancer presta o serviço e recebe assim que essa tarefa é concluída.

Uma vantagem de ser freelancer é que você trabalha com autonomia de escolher os serviços que deseja executar e também não fica preso a horários e obrigações.

Além o profissional pode trabalhar até mesmo de casa e não precisa sempre se deslocar até um escritório, por exemplo.


Dica:  Leia também como trabalhar em casa e conquistar uma renda extra!


É um trabalho confiável?

Quando você é responsável pelos seus ganhos a responsabilidade aumenta também.

O primeiro aspecto de confiança que devemos considerar nesse tipo de trabalho é o fato de que se realmente você pode contar com um determinado volume de dinheiro mensalmente.

Por isso ser freelancer é um risco, contudo, com o tempo e com clientes fixos é possível ter garantias.

O outro fator diz respeito aos seus clientes. Como o freelancer trabalha, geralmente, sem muitas garantias os acordos são feitos na base da confiança.

Portanto tudo irá depender da índole da pessoa que você está contratando o serviço. Mas não é um grande problema e com o tempo e experiência fica fácil identificar mal pagadores.

O freelancer é registrado?

Essa é a principal característica que difere o freelancer dos trabalhadores formais, não há um registro ou então vínculo empregatício.

O que pode haver é um contrato de prestação de serviços que irá garantir que as duas partes, contratante e prestador, cumpram com os acordos definidos.

Contudo esse contrato é por serviço e não estabelece vínculo da empresa com a pessoa.

Uma pessoa pode viver só sendo freelancer?

freelancer

Absolutamente. É altamente possível viver apenas desse tipo de trabalho. Nesse quesito tudo vai depender da sua cartela de clientes e também da qualidade do seu trabalho.

Quando se é freelancer o boca a boca ajuda demais na captação de novos trabalhos, por isso executar um serviço com excelência é primordial.

Outra questão que deve ser levada em consideração para viver só sendo freelancer diz respeito a divulgação do seu trabalho.

O marketing é alma do negócio e com tantos canais de comunicação digital fica fácil oferecer os seus serviços online. A internet é a melhor ferramenta de captação de novos clientes. Invista nisso!


Dica: Entenda o que é homeoffice e como ter melhores resultados!


Vantagens e desvantagens de ser um

A principal vantagem de ser um profissional desses é o fato de você ser dono dos seus horários. Você não fica preso a um escritório e as vontades de pessoas que são hierarquicamente mais elevadas que você.

Portanto como freelancer você é de certa forma mais livre, contudo, a necessidade de gerar renda te obriga a ser produtivo.

Como principal desvantagem desse tipo de profissional está a instabilidade. Quando se é freelancer você não pode contar com uma renda fixa certa, tudo irá depender do número de trabalhos que você vai conseguir.

Outra desvantagem é a precarização laboral no que diz respeito a direitos como PIS, 13º salário, aposentadoria dentre outros.

Dicas para quem quer ser um freelancer

Caso você esteja pensando em ser um profissional desses a dica primordial que dou é a de você sempre buscar garantias.

Atividade freelancer costuma ser bastante instável e ingrata e se você não se planejar e se preocupar com o presente e o futuro poderá passar por tempos difíceis.

A primeira coisa que você deve pensar é em ter uma poupança para garantir os meses em que os trabalhos não sejam tão satisfatórios.

Também você deve se preocupar em pagar mensalmente o INSS, isso irá garantir diversos direitos constitucionais do trabalhador.

Por fim invista em uma previdência privada, aposentar no Brasil está cada vez mais difícil e uma previdência privada pode significar tranquilidade na velhice.

E ai gostou

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *