Currículo: Como fazer um? As melhores dicas para você ser contratado!

Você, com certeza, já ouviu aquele ditado que diz que a primeira impressão é a que fica. Claro que ele não vale para tudo, mas na questão do emprego essa frase é perfeita. O currículo é o primeiro contato que o recrutador tem com você e, por isso, é preciso que esse documento seja muito bem feito.

Um currículo mal feito já te tira da vaga no primeiro momento. Você nem tem chance de chegar a uma entrevista ou dinâmica de grupo. O processo seletivo acaba para você já no início.

Por isso, este texto vai te ensinar dicas para fazer um bom currículo, além de outras informações importantes a respeito desse essencial documento. Confira!

Como fazer um currículo?

O bom currículo é dividido em cinco partes principais:

1-A primeira delas são os seus dados pessoais, como nome, idade, endereço, documentos, etc.

2-Depois é preciso colocar a formação educacional que você tem: ensino médio, técnico, superior, pós-graduação, etc.

3-Aí vem a parte mais importante que são as experiências profissionais. São elas que vão provar se você tem o perfil da vaga e se é interessante para a empresa.

Nessas experiências você precisa por o nome dos locais que trabalhou, o tempo que ficou lá, a função que teve, além do contato do seu ex-chefe ou de alguém que possa falar e confirmar esse seu trabalho antigo.Após colocar todas as principais e mais importantes experiências de trabalho, você também pode incluir trabalhos voluntários, participação em coletivos, cursos adicionais, entre outros.

4-Por fim, você precisa por a sua habilidade com outros idiomas e também as suas redes sociais. Pronto. São informações básicas e que devem caber em, no máximo, duas páginas. Se tiver muitas experiências ou formações, escolha as principais para aquele tipo específico de vaga que você está concorrendo.

Lattes

O currículo Lattes é diferente do currículo padrão. Ele serve para pessoas que buscam uma carreira acadêmica, na pesquisa, dentro de universidade. Você não vai colocar nele experiências profissionais no mercado de trabalho tradicional, mas sim os seus cursos de pós-graduação, participação em seminários, eventos de pesquisa, artigos científicos publicados, entre outros.

A ideia desse currículo é provar para universidades, escolas, centros de pesquisa, museus, institutos que você tem experiência suficiente para tratar de determinado tema ou área dentro dessas organizações.

Por isso, não faz sentido ter no Lattes a sua experiência como atendente de lanchonete, ou técnico de informática em uma lan house, por exemplo.


✅ Leia também: Mais conteúdo sobre Trainee!!


Online

Existem diversas plataformas e sites que disponibilizam modelos e ferramentas para construir um currículo bem feito, bonito, organizado, do jeito que os recrutadores gostam.

O ideal é você pesquisar mais a respeito da sua área e escolher um modelo que tenha a ver com ela.

Um design, por exemplo, pode fazer um super currículo criativo, colorido, que mostre as habilidades dele já nesse documento.

É diferente de um engenheiro, por exemplo, que exige algo mais sério, menos divertido.

Primeiro emprego

A dificuldade do jovem conseguir o primeiro emprego é gigante e fazer um bom currículo pode ser a chance de mudar isso.

Você não deve deixar a parte de experiências vazias. Coloque lá os seus estágios, os projetos que já participou, os trabalhos voluntários, invista em outras experiências que não são profissionais, mas que trouxeram relevância e transformações para a sua vida.

Tudo com o contato de uma pessoa que possa comprovar que você fez parte desses projetos e programas. Isso vai ajudar bastante na sua escolha para o primeiro emprego.

Como elaborar um bom currículo profissional?

Para fazer um currículo vencedor é preciso estar atento a dois pontos essenciais: objetividade e verdade. Você precisa ser sintético, simples, objetivo ao escrever os seus dados pessoais, de formação ou profissionais.

Além disso, não pode mentir, de forma alguma. O recrutador vai descobrir a mentira e, além de perder a vaga, pode ficar queimado em outras empresas por conta dessa falta de verdade.

Se você seguir essas duas ideias e fizer um currículo pequeno, direcionado para a vaga e com as informações necessárias, isso vai te ajudar bastante.

currículo

Dicas

A principal dica é seguir com a objetividade e a verdade. Além disso, invista em currículos que tenham a ver com a sua área. Como já foi dito, um design ou publicitário tem a possibilidade de ganhar a vaga só pelo estilo e criatividade em que o currículo foi apresentado. Pense nisso!

Se tiver ainda alguma dúvida sobre como fazer um currículo de sucesso, deixe o seu comentário aqui embaixo!

0 Compart.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *